26°C 17°C

São Paulo, SP

26°C 14°C

Curitiba, PR

29°C 21°C

Belo Horizonte, MG

32°C 22°C

Rio de Janeiro, RJ

30°C 20°C

Porto Alegre, RS

30°C 24°C

Salvador, BA

Segunda-feira, 25 de Março de 2019 - 11h00

O consumo de fibras auxiliam no controle de diabetes e colesterol

Bruna Oliveira

As fibras alimentares são a parte do alimento vegetal que não é digerível, sendo assim, resiste à digestão e à absorção intestinal. São os polissacarídeos vegetais da dieta, como celulose, hemiceluloses, pectinas, gomas, mucilagens e a lignina (não polissacarídeo) que não são hidrolisados pelo trato gastrointestinal humano. A nutricionista Aline de Andrade explica que existem dois tipos de fibras as solúveis e as insolúveis.

 

 

As fibras solúveis trazem benefícios à saúde, pois apresentam efeito metabólico no trato gastrintestinal, deixa o esvaziamento gástrico mais lento e o tempo do trânsito intestinal aumenta,assim diminuem a absorção de glicose e colesterol. Tipos de fibras solúveis: gomas, mucilagens, pectinas e algumas hemiceluloses.

 

 

Já as fibras insolúveis fazem parte da estrutura das células vegetais e são encontradas em todos os tipos de substância vegetal. As fibras insolúveis não se dissolvem na água, contribuem aumentando o bolo fecal, aceleram o tempo de trânsito intestinal pela absorção de água. Tipos de fibras insolúveis: celulose e algumas hemiceluloses.

 

 

As fibras podem ser encontradas nas frutas e nos cereais integrais, como aveia, arroz, trigo e cevada. As leguminosas, como feijões, lentilha, grão de bico e ervilha, são fontes de fibras solúveis. Já as verduras e legumes contam com boas quantidades de fibras insolúveis. As sementes, como a chia, linhaça e semente de abóbora, também contam com fibras.



publicidade:

publicidade:

publicidade: