26°C 17°C

São Paulo, SP

26°C 14°C

Curitiba, PR

29°C 21°C

Belo Horizonte, MG

32°C 22°C

Rio de Janeiro, RJ

30°C 20°C

Porto Alegre, RS

30°C 24°C

Salvador, BA

Quinta-feira, 28 de Março de 2019 - 09h37

Venezuela enfrenta apagão novamente

Agência Brasil

Pela segunda vez em pouco mais de 15 dias, a Venezuela vive um apagão. As autoridades do país atribuem a pane nos sitema elétrico a uma sabotagem de adversários políticos na Usina Hidrelétrica Simon Bolívar. Há 19 dias, Caracas e 20 das 23 regiões do país ficaram sem energia por um longo período.

 

 

Segundo o ministro das Comunicações, Jorge Rodríguez, afirmou que linhas de energia foram danificadas.

 

 

O apagão ocorre no momento em que a crise na Venezuela é intensa. No país, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, insiste que é o líder legítimo. Porém, para parte da comunidade internacional, Juan Guaidó, autodeclarado presidente da República, é o líder reconhecido.

 

 

Acordos

Nos próximos dias, Rússia e Venezuela pdevem assinar 20 acordos de parceria. A determinação foi confirmada pelos goernos dos dois países. A cooperação deve envolver as áreas de economia, comércio, cultura, energia e educação.

 

 

Em entrevista, divulgada na Rússia, Maduro agradeceu a a assistência humanitária à Venezuela.

 

 

Segundo ele, foram enviadas 300 toneladas de carga humanitária da Rússia, principalmente medicamentos.

 

  

Passageiros durante um apagão no aeroporto internacional Simon Bolivar em Caracas, Venezuela.
Passageiros durante um apagão no aeroporto internacional Simon Bolívar em Caracas, Venezuela. - REUTERS/Carlos Jasso/Direitos Reservados

 *Com informações da TASS, agência pública de notícias da Rússia.

Fonte: Agência Brasil



publicidade:

publicidade:

publicidade: