26°C 17°C

São Paulo, SP

26°C 14°C

Curitiba, PR

29°C 21°C

Belo Horizonte, MG

32°C 22°C

Rio de Janeiro, RJ

30°C 20°C

Porto Alegre, RS

30°C 24°C

Salvador, BA

Sexta-feira, 12 de Abril de 2019 - 13h00

Ingrid Guimarães está mais engraçada e expressiva que nunca

Bruna Oliveira

O terceiro filme da franquia “De Pernas Pro Ar”, que estreia nesta quinta (11), pode ser considerado o melhor em termos de roteiro, humor e atuação. Ingrid Guimarães se apresenta em sua melhor versão quando comparada aos outros longas. 

 

 

 

Na sequência, Alice Segretto está sentindo falta de participar do convívio familiar e sente que pode estar jogando o casamento e o relacionamento com os filhos por água abaixo. É aí que ela decide aposentar o período de viagens pelo mundo com a empresa de produtos eróticos e volta para casa. 

 

 

Mas uma nova personagem acaba fazendo com que ela sinta saudade de trabalhar e crie uma competição de “quem é a mulher mais sucedida no ramo de sex shop”. A jovem Samya Pascotto, de 20 anos, cria um produto que é muito bem aceito em todo o mundo. 

 

 

Ingrid Guimarães está mais engraçada e expressiva que nunca. Uma ótima atuação e contracena muito bem e com muita sintonia com Samya Pascotto e Bruno Garcia. 

 

 

O roteiro ajuda muito a fluir a leveza do filme. Discussões sobre sexo que antes poderiam ser consideradas um pouco mais machistas ou com muito tabu nos outros filmes, desta vez trazem um novo olhar mais “empoderado”. 

 

 

Uma prática constante que tem tido destaque nos últimos filmes nacionais são longas cenas em outros países. Em “De Pernas Pro Ar 3”, boa parte do cenário são as ruas de Paris. Particularmente, não acho tão interessante essa supervalorização de outros países quando dentro do Brasil, os diretores podem explorar tantos lugares lindos. 

 

 

O filme é uma ótima comédia não recomendada para menores de 14 anos. Está nos cinemas a partir de 11 de abril nos cinemas. 



publicidade:

publicidade:

publicidade: