26°C 17°C

São Paulo, SP

26°C 14°C

Curitiba, PR

29°C 21°C

Belo Horizonte, MG

32°C 22°C

Rio de Janeiro, RJ

30°C 20°C

Porto Alegre, RS

30°C 24°C

Salvador, BA

Terça-feira, 26 de Março de 2019 - 11h00

Programa que insere jovens de baixa renda no mercado de trabalho é ampliado

Bruna Oliveira

A Kraft Heinz Brasil quadruplicou o número de participantes do seu programa de mentoria social em 2019, para 44, e dobrou quantidade de instituições parceiras, como parte do seu objetivo de fortalecer o seu compromisso com o desenvolvimento de jovens de baixa renda e de alcançar a sua visão de “Ser a melhor empresa de alimentos construindo um mundo melhor”.

 

 

O programa de mentoria social da Kraft Heinz foi lançado em agosto do ano passado, com 11 mentorados da Empodera e do Gerando Falcões. Neste ano, a empresa também conta com estudantes do Proa e do Ismart. Essa iniciativa foi possível por meio de uma parceria com a “Learn to Fly”, uma plataforma simples e eficiente de estímulo ao desenvolvimento humano e busca de autoconhecimento.

 

 

O piloto do programa de mentoria social, lançado em 2018, ajudou a inserir seis jovens de baixa renda no mercado de trabalho. Foram seis sessões de mentoria para cada estudante, sem qualquer desistência. Com o sucesso obtido no ano passado, neste ano a Kraft Heinz lança um programa de mentoria interna, com a participação de cerca de 60 líderes da própria companhia.

 

 

“É uma experiência única de poder, de fato, agregar na vida de outra pessoa, conhecer histórias novas de uma vida diferente da minha realidade, coisas que não seriam possíveis sem o programa”, afirma o Diretor Comercial Brasil, Fernando Rosa. “Quando você mentora outra pessoa tão diferente exercita habilidades importantes de gestão de pessoas como coaching, entendimento das oportunidades e encontro dos caminhos para ajudar no desenvolvimento, entre outras”, acrescenta o executivo.



publicidade:

publicidade:

publicidade: